Com o crecimento da internet milhares de empreendedores correram para desenvolver um site para suas empresas, apesar disso, quase 40% das 22 milhões de micro e pequenas empresas ainda não possuem um site. A causa mais comum é a falta de conhecimento da necessidade de se ter um site e o mito de que custa muito caro estar presente no meio digital. Costumamos dizer por aqui que se você acha caro ter um site é porque não faz idéia do quanto custa não ter um. Especialistas afirmam que empresas que não aderirem ao marketing digital correm o risco de desaparecer. Mas vamos ao que interessa.

Preciso de um site. Quanto vou gastar?

O mais importante é entender os custos isolados e os recorrentes. Para ter um site você vai precisar de um domínio, uma Hospedagem e de um profissional ou uma empresa para desenvolver este site, vamos falar aqui de cada um destes itens:

Domínio: Por exemplo: www.suaempresa.com.br

Domínio nada mais é que o endereço de sua empresa, ele pode ser (.com.br) ou (.com), se você pretende que seu site seja acessado de outros países o .com é o mais indicado, caso contrário indicamos o uso do .com.br

Hospedagem: É onde os arquivos de seu site como imagens, textos, videos estarão alocados.

Para estar disponivel aos seus clientes, os arquivos de seu site precisam ser alocados em um servidor que pode ser exclusivo ou compartilhado dependendo da necessidade de seu site, mas não se preocupe com essa parte técnica. Há varias empreas disponibilizando espaço para hospedagem nos mais variados preços. 

Design ou ”a cara do seu site”

A aparência de seu site é muito importante e dentro desta etapa se aplica diversos pontos onde você deve se preocupar que vão alem de uma cara bonita. Velocidade, usabilidade, call actions, formulários, SEO entres outros detalhes. Falaremos deles aqui.

Conteúdo e divulgação: Mais que simplesmente fazer um site é preciso alimenta-lo e divulga-lo

Costumamos alertar nossos clientes, ”se você penssa em fazer um site mas não quer investir em conteúdo pra alimenta-lo, melhor que nem faça.” Ter um site e não atualizar seu conteúdo contantemente nem divulga-lo é como fazer um banner e colocar na sala de casa, não serve de nada. vamos falar disso mais abaixo. 

Domínio

Registrar um domínio custa em média R$40,00 por ano, você pode adiquiri-lo em diversas plataformas diferentes, a mais comum é a Registro.br onde você pode comprar seu endereço por um periodo de 1 a 10 anos. O orgão que regula este serviço no brasil é o NIC.br e ele também é responsavel por manter o registro.br. Mas outros sites também disponibilizam estes serviços pelos mais variados preços, veja aqui alguns deles:

  • Uol Host: domínios por R$ 44,90 por ano. Veja aqui
  • Locaweb: domínios em média por R$ 36,90 por ano. Veja aqui
  • GoDaddy: domínios a partir de R$ 8,99 no primeiro ano e R$ 49,90 a partir do segundo. Veja aqui
  • Hostgator: Outra excelente plataforma com dómínios a partir de R$ 26,99 por ano? Veja aqui
Hospedagem

O custo de hospedagem é bem variado também, mas a depender do seu projeto pode ser bem baixo. Se você vai ter apenas um site institucional por exemplo, você pode optar por um servidor compartilhado, este valor neste caso pode ficar em média R$ 250,00 por ano. Contratar planos mais longos, semestrais, anuais, ou trienais pode deixar este custo ainda mais baixo. As empresas acima também tem planos de hospedagem bem acessíveis. Esta escolha pode parecer complicada mas seu desenvolvedor pode ajudar com essa escolha. Aqui na TDW nós orientamos nossos clientes durante todo o processo e sempre analisamos junto com o cliente a melhor opção. Se você está pensando em uma hospedagem grátis ela existe, mas vale a pena? A resposta é quase sempre NÃO! Os custos de uma hospedagem paga são baixos e as gratuitas como tudo que é grátis, são cheias de limitações que muitas vezes ou porque não dizer quase sempre impactam no marketing digital de sua empresa. Lembre-se que o objetivo final de ter um site é fazer marketing com ele.

E o design? Quanto custa um web designer?

Criar um site você mesmo é possível, plataformas como a WixGoDaddyUolHostHostGator etc… Possuem criadores de site com os mais variados preços, no caso da Wix por exemplo é possível criar um site inclusive grátis, fazendo você mesmo. O grande problema destas plataformas é a generalidade de suas soluções que quase sempre obrigam você a ter um site igual a quase todos os outros dentro da plataforma. Layouts simples, com poucos recursos e código sujo que impactam no SEO de seu site. A opção mais segura é optar por um freelancer ou por uma agência. Os preços médios podem variar muito a depender do profissional ou empresa que você deseja contratar, freelancer por exemplo pode cobrar entre R$ 2.000,00 a R$ 10.000,00 por site, já grandes agências podem superar os R$ 50.000,00 para a criação de um site. Conteúdo, finalidade, funcionalidades, numero de páginas entre outros fatores são essenciais para a definição do preço. Mas como este post é direcionado a micro e pequenos empreendedores vamos valar sobre o valor mínimo para se ter um site funcional e escalável.

Conteúdo. Quanto custa alimentar e divulgar meu site?

Este é um valor ainda mais complexo de definir pois cada site requer uma periodicidade diferente. Então vamos tratar do mínimo necessário para seu site cumprir o papel de fazer sua empresa aparecer, e para isso precisamos entender como o Google exibe seus resultados durante uma pesquisa. Ao digitarmos um termo no buscador o google ”lê” os sites que falam sobre determinado assunto e decide quais resultados exibir basedo em alguns critérios, são eles:

  • Conteúdo de Valor único – Essa é a base para seu SEO. Conteúdo único e de relevância para seu público.
  • Autoridade de sua página – Nada mais que a relevância de seu site em detrimento aos seus concorrentes.
  • Autoridade do seu domínio – O quanto seu domínio é importante? Você pode conferir o seu aqui.
  • TrustRank – O google analisa quantos sites de confiança tem links para o seu site. Diga-me com quem andas….
  • Velocidade de carregamento – Dados informam que 43% dos internautas abandonam sites que demoram mais de 3 segundos para carregar.
  • Responsividade – Isso é, adaptabilidade para diversos aparelhos como celular, tablets etc…
  • Usabilidade – Faceilidade de seus clientes acessarem o que procuram.

Estes e aproximadamente mais 200 outros fatores são levados em conta pelo google ao decidir quais sites exibir durante uma pesquisa. Ai vem a pergunta, será que você mesmo pode fazer seu site? Acredita mesmo que vai conseguir levar em conta todos estes fatores na hora da criação? Bom… vamos falar do custo com conteúdo e divulgação.

Hoje existem empresas especializadas em criar conteudo para sites, a mais conhecidad delas é a RockContent, uma plataforma especializada nos mais diversos tipos de  conteúdos para sites, como artigos, materiais ricos, ebooks, infográficos etc… A RockContent tem preços poucos acessiveis pra quem está começando a investir em conteúdo mas ao avaliar o custo x Benefícios ainda é uma exelente opção, talvez a melhor.

Divulgação

Existem vários canais de divulgação pagos e gratúitos pela internet, o mais comum é o Google Ads (Antigo google adwords). Investir em marketing no google não custa muito e o retorno é sempre justificável, é possivel começar a investir a partir de R$ 10,00 mas nós aqui na TDW recomendamos um investimento nínimo de R$ 100,00 mês.
Facebook, instagram entre outras redes sociais também são exelentes fontes de divulgação online.

A final, quanto vou investir?

Considerando uma média dos valores das necessidades acima nos aqui na TDW estimamos os seguintes custos pra quem está começando:

  • Domínio: R$ 40,00 (anual)
  • Hospedagem R$ 250,00 (anual)
  • Criação do Site R$ 2.000,00 (único)
  • Divulgação R$ 100,00 (Mensal)

Desta forma temos um investimento de aproximadamente R$ 2.500,00 no primeiro estágio de criação e mais  R$ 350,00 por ano de hospedagem e domínio, além de R$ 100,00 por mês em divulgação. Lembrando que estes valores podem ser diferentes a depender do profissional, hospedagem e tipod e domínio contratado.

Precisa de um site? Que tal falar com um especialista?